Passar para o conteúdo principal

BAXTER E COSMED PARCEIRAS NO DESENVOLVIMENTO DE DISPOSITIVO DE CALORIMETRIA INDIRETA DE PRÓXIMA GERAÇÃO E NO APOIO À NUTRIÇÃO CLÍNICA

Press Release
  • Monitor metabólico não invasivo avalia as necessidades energéticas do doente

    Desenvolvido para ajudar os médicos a otimizar a terapia nutricional e obter melhores resultados para o doente

    O dispositivo, móvel e flexível, pode ser usado em doentes entubados ou com respiração espontânea

Cracóvia - August 29, 2019

A Baxter, companhia líder em nutrição clínica, e a COSMED srl., companhia líder no desenvolvimento de sistemas metabólicos para aplicação clínica e humana, anunciaram o acordo para comercializar Q-NRG+, um dispositivo de monitorização metabólica com recurso a tecnologia de calorimetria indireta. O anúncio foi feito no âmbito do 41.º Congresso da Sociedade Europeia de Nutrição Clínica e Metabolismo (ESPEN), que decorre entre os dias 31 de agosto e 1 de setembro, em Cracóvia, na Polónia.

A calorimetria indireta (CI) é o padrão de excelência[i] para medir com precisão a Taxa Metabólica Basal (TMB) – as necessidades calóricas de um doente em repouso – e é recomendado pelas diretrizes de sociedades de nutrição de todo o mundo, incluindo a Sociedade Europeia de Nutrição Clínica e Metabolismo (ESPEN)[ii] e da Sociedade Americana para Nutrição Parentérica e Entérica (ASPEN)[iii].

“Nos doentes críticos, as necessidades energéticas podem variar drasticamente e as formas tradicionais de prever essas necessidades podem levar à subnutrição ou superalimentação de doentes.”[iv], afirma Jorge Vasseur, Diretor-Geral da Unidade de Nutrição Clínica da Baxter. “A introdução de Q-NRG+ representa a próxima geração de tecnologia de CI, permitindo a medição metabólica individualizada e ajudando os médicos a otimizar a terapia nutricional com vista a alcançar melhores resultados para os doentes”.

Q-NRG+ foi desenvolvido para medir com rapidez e precisão a TMB do doente. Os médicos podem usar Q-NRG+ para determinar metas de aporte energético, prescrever e administrar a terapia nutricional adequada ao doente, que pode incluir a nutrição parentérica (alimentação intravenosa). Para ajudar a garantir que os doentes recebem a quantidade ideal de nutrientes durante o período de internamento, Q-NRG+ também pode ser usado para reavaliar regularmente as necessidades energéticas e ajustar a prescição de nutrição clínica sempre que necessário.

Q-NRG+ foi desenvolvido para ser flexível, móvel e fácil de usar pelos médicos. O dispositivo requer um tempo mínimo de aquecimento e calibração e fornece a leitura em apenas cinco minutos. Os resultados são exibidos em tempo real num “painel de controlo” intuitivo no ecrã do dispositivo.

“A calorimetria indireta é uma tecnologia certificada e reconhecida para medir o gasto de energia em ambiente clínico e Q-NRG+ foi desenvolvido para tornar essa importante ferramenta de diagnóstico mais acessível e prática para uso regular”, comentou Marco Brugnoli, CEO da COSMED srl. “Estamos ansiosos por trabalhar em parceria com a Baxter e levar Q-NRG+ a médicos e doentes de todo o mundo”.

O acordo prevê que a Baxter comercialize Q-NRG+ em 18 países estratégicos de todo o mundo, com potencial de expansão futura. Espera-se que a Baxter disponibilize Q-NRG + a partir de setembro, num lançamento faseado em alguns países europeus, no Canadá e na Austrália, com lançamentos noutros mercados ainda a aguardar aprovação regulatória.

 

[i] Frankenfield D, Ashcraft C. Estimating Energy Needs in Nutrition Support Patients. Journal of Parenteral and Enteral Nutrition. 35(5). 2011. 563-570.

[ii] Singer P, Blaser AR, Berger M, et al. ESPEN guideline on clinical nutrition in the intensive care unit. Clinical Nutrition. 38. 2019. 48-79.

[iii] McClave S, Taylor B, Martindale R, et al. Guidelines for the Provision and Assessment of Nutrition Support Therapy in the Adult Critically Ill Patient: Society of Critical Care Medicine (SCCM) and American Society for Parenteral and Enteral Nutrition (A.S.P.E.N.) Journal of Parenteral and Enteral Nutrition. 40(2). 2016. 159-211.

[iv] Zusman O, Kagan I, Bendavid I, et al. Predictive equations versus measured energy expenditure by indirect calorimetry: A retrospective validation. Clinical Nutrition. June 2019. 38 (3) 1206-1210. 

 

 

Ref. Baxter PT:

016/19

Data Ref. Baxter PT:

08/2019

 

Ref. Baxter PT: 016/19 Data Ref. Baxter PT:08/19